Quais as normas contábeis para entidades sem fins lucrativos?

normas-contabeis-para-entidades-sem-fins-lucrativos-mercantil

Quais as normas contábeis para entidades sem fins lucrativos?

Você sabia que a contabilidade pode exercer um papel fundamental no terceiro setor? Isso porque, existem algumas normas contábeis que se aplicam sobre as entidades sem fins lucrativos.

Hoje, muitos pensam que os serviços contábeis atuam somente em prol de pessoas jurídicas que desejam otimizar os resultados de suas empresas. No entanto, as organizações do terceiro setor também precisam se atentar à área contábil.

Afinal de contas, elas também precisam de captar recursos financeiros para que possam se manter ativas.

Deste modo, entidades sem fins lucrativos precisam se manter em dia com a sua contabilidade. O foco é promover uma maior organização financeira e controle sobre os recursos obtidos.

Sendo assim, existem algumas normas contábeis que precisam ser de conhecimento de todos aqueles que atuam no terceiro setor. Você sabe do que nós estamos nos referindo?

Para obter um melhor entendimento sobre quais são as normas contábeis para entidades sem fins lucrativos, acompanhe este artigo! Leia com atenção e tire todas as suas dúvidas sobre este assunto!

Aproveite para conferir também o nosso conteúdo sobre: Por que ter um contador para uma ONG ou Associação?

 

O que é o terceiro setor?

Em grande parte dos países do mundo, a sociedade e as suas organizações são divididas em três setores distintos. Conheça quais são:

  • Primeiro setor;
  • Segundo setor;
  • Terceiro setor.

 

Deste modo, o terceiro setor se apresenta como as organizações de iniciativa privada que atuam sem fins lucrativos. Com isso, elas poderão prestar serviços de âmbito público.

São vários os tipos de organizações que compõem o terceiro setor. Confira conosco alguns dos exemplos mais conhecidos em todo o mundo:

 

  • ONGs;
  • Fundações;
  • Associações comunitárias;
  • Entidades filantrópicas;
  • Entre outros.

 

Sendo assim, as organizações presentes neste setor possuem como intuito promover o desenvolvimento social e o bem-estar.

Desta forma, muitos acreditam que o terceiro setor não precisa lidar com responsabilidades contábeis. O que é um engano, visto que existem as normas contábeis para as entidades sem fins lucrativos.

Portanto, vamos compreender melhor sobre este assunto? Continue acompanhando conosco e entenda melhor!

Confira também o nosso artigo sobre: Você sabe qual a importância de uma contabilidade para sua ONG ou Associação?

 

Normas contábeis para as entidades sem fins lucrativos

Como você pode ver, as entidades sem fins lucrativos precisam de um suporte especializado, como o de uma contabilidade, para se manter em dia com as suas obrigações.

Afinal de contas, existem algumas normas contábeis que incidem sobre as operações no terceiro setor. Com isso, deve-se contar com os serviços de uma contabilidade desde o momento de abertura de uma organização.

Deste modo, as entidades sem fins lucrativos precisam, em primeiro lugar, serem enquadradas da forma correta em relação a sua natureza jurídica.

Logo, é papel do contador ter em mãos todos os registros necessários junto aos órgãos do governo, orientando os empreendedores acerca do enquadramento mais adequado.

Uma outra norma contábil para as entidades sem fins lucrativos diz respeito aos seus registros contábeis. Ou seja, deve-se ter o controle de diferentes processos, como:

  • Receitas e despesas;
  • Superávit e déficit;
  • Tipo de operação;
  • Entre outros.

 

Além disso, também dentro das normas contábeis, é necessário registrar todas as doações obtidas como receitas. Já as patrimoniais devem ser contabilizadas dentro do Patrimônio Social das entidades.

Acompanhe também o nosso artigo sobre o assunto: Plano de ação para empresas: o que é e como desenvolver?

 

Conte com uma contabilidade especializada

Já foi possível compreender que a contabilidade especializada no terceiro setor cumpre um papel fundamental.

Deste modo, é a sua atuação que permite que entidades sem fins lucrativos se mantenham em dia com todas as normas contábeis. Fato que garante a sobrevivência e o crescimento no mercado.

Sendo assim, nada melhor do que contar com o apoio de profissionais especializados no dia a dia de uma instituição. Afinal de contas, são várias as burocracias que demandam um nível de expertise técnico.

Portanto, não deixe de buscar o suporte de um serviço especializado para uma gestão mais assertiva no terceiro setor. Aproveite para entrar em contato conosco e descobrir como nós podemos te ajudar!

Caso queira acompanhar outros artigos como este que você acabou de ler, acesse o nosso blog e confira!

Nenhum comentário

Postar um comentário