O que é um profissional liberal e como ser um?

o-que-e-um-profissional-liberal-e-como-ser-um-mercantil-contabilidade

O que é um profissional liberal e como ser um?

Se tornar um profissional liberal é uma das principais oportunidades encontradas no mercado de trabalho para quem deseja seguir uma carreira.

Dessa forma, mesmo que seja comum sentir medo após concluir os ensinos, os futuros trabalhadores podem encontrar nesta modalidade uma possibilidade para desempenhar as suas atividades.

No entanto, os profissionais em início de carreira acabam compartilhando um problema em comum. Isso é, o desconhecimento acerca das oportunidades encontradas no mercado de trabalho.

Aproveite o assunto para ler o nosso artigo: Pontos para considerar bem antes de se tornar um PJ.

Conhecer do que se trata um profissional liberal e as suas especificidades é fundamental para consolidar uma carreira. Isso porque tal modalidade acaba abrangendo algumas condições e vantagens.

Portanto, se você deseja conhecer melhor sobre os profissionais que atuam de maneira liberal, leia este artigo! Continue acompanhando com atenção cada assunto abordado aqui e tire todas as suas dúvidas.

Entendendo o conceito de profissional liberal

Uma das principais decisões de um profissional em início de carreira se apresenta em qual carreira seguir. São várias oportunidades encontradas no mercado de trabalho, cada uma delas com as suas próprias especificidades.

Desse modo, surge o profissional liberal. Estamos falando daquele profissional que se formou em um determinado segmento e se encontra habilitado para executar as suas atividades.

Ou seja, todo profissional que atua de maneira liberal pode desempenhar as suas tarefas de maneira própria. Com isso, eles não precisam de um vínculo empregatício para atuar no mercado de trabalho.

Ele não possui nenhum nível de subordinação e é o único responsável pela entrega de resultados satisfatórios ao seu contratante.

No entanto, atuando como profissional liberal, ele deve cumprir com as suas atividades previstas por contrato usando exclusivamente dos seus conhecimentos.

Para que você entenda melhor a sua atuação, vamos dar um exemplo prático de como atuam os profissionais liberais.

Vamos supor que você, contratante, dono de um jornal, precisa contratar um jornalista para redigir uma matéria. O único foco da sua contratação é a produção de tal matéria, nada mas do que isso.

Sendo assim, se você, contratante, pedir para que ele faça a sua relação com o melhor custo-benefício possível, ele atenderá a sua solicitação. 

Em contrapartida, se for pedido a produção da mesma matéria com dados fictícios, o profissional liberal negará o pedido, uma vez que fere a ética da sua formação.

Aliás, que tal conhecer as principais atuações dos profissionais liberais no mercado? Veja a seguir quais são!

Quais atividades podem ser executadas por um profissional liberal?

O profissional liberal pode ter diferentes níveis de formação, podendo ela ser médio, técnico ou graduação.

Dessa forma, eles podem executar as suas atividades, desde que estejam de acordo com a legislação da sua área de atuação. Assim como o exemplo do jornalista citado anteriormente.

Sendo assim, veja a seguir as principais profissões enquadradas na atuação de um profissional liberal:

  • Fotógrafos;
  • Advogados;
  • Médicos;
  • Dentistas;
  • Psicólogos;
  • Contadores;
  • Dentre outros.

Como você pode ter percebido, existem algumas atividades que possuem entidades de classes que atuam de maneira específica. É o caso do Conselho Regional de Engenheiros e Arquitetos (CREA) ou do Conselho Regional de Medicina (CRM).

Além disso, outra característica própria dos profissionais liberais é a maneira como eles podem atuar no mercado de trabalho.

Ou seja, eles não precisam de ter uma carteira assinada como regime CLT, podendo assim trabalhar por conta própria ou abrir uma empresa.

Confira também o nosso artigo Empreender em momentos de crise: conheça 9 negócios promissores.

Uma das principais dúvidas quanto a atuação de um profissional liberal é como diferenciá-lo de um autônomo. Vamos conhecer essas diferenças agora?

Profissional liberal x profissional autônomo: quais as diferenças?

Existem algumas diferenças que determinam a atuação de um profissional liberal e de um profissional autônomo.

A primeira delas diz respeito à formação. Isso porque os profissionais liberais precisam, necessariamente, de uma formação em uma área. Em contrapartida, um autônomo não precisa ser formado para poder atuar no mercado.

Além disso, outra característica é sobre o vínculo empregatício. O profissional autônomo não tem nenhum vínculo com nenhuma empresa. Já os liberais podem ter um contrato de trabalho para desempenharem as suas atividades.

Por fim, todo profissional liberal precisa adquirir certas competências e conhecimentos para atuar no mercado. Por outro lado, os profissionais autônomos se desenvolvem e aprimoram as suas técnicas com o tempo.

De todo modo, se tornar um profissional liberal se apresenta como uma excelente oportunidade de empreendimento. Inclusive, eles podem atender mais de duas empresas ao mesmo tempo.

Para mais informações sobre o mercado de trabalho, acesse o nosso blog e confira outros artigos como este.

Nenhum comentário

Postar um comentário