Mercantil Assessoria Contábil

contabilidade-para-medicos

Contabilidade para médicos: como se tornar PJ e reduzir taxas

O número de médicos dobrou nos últimos anos nos últimos 20 anos, de acordo com um estudo feito pelo Conselho Federal de Medicina. Em 2000 os números de profissionais eram cerca de 230 mil, já em 2020 esse número passou para 500 mil

As causas desse aumento são variadas, a primeira razão pode ser devido ao fato do aumento de escolas. No entanto, também não pode-se desconsiderar o fato de que é uma profissão que oferece muitas possibilidades de atuação.

Uma vez formado, o profissional pode ser contratado e atuar como CLT em uma clínica, consultório ou hospital, também pode prestar serviços como autônomo, porém, talvez uma das formas mais vantajosas seja atuar como PJ.

Isso porque, ao se tornar PJ, é possível reduzir taxas e economizar bastante. Por isso, se você quer saber todos os benefícios dessa forma de atuação e saber como uma contabilidade para médicos pode te ajudar com isso, leia esse artigo que preparamos de forma atenta. 

Tenha uma boa leitura!

Qual a importância da contabilidade para médicos?

Se tornar PJ para médicos, apesar de vantajoso como você verá mais à frente, é bastante burocrático.  Nesse sentido, ter ao seu lado uma contabilidade para médicos será extremamente importante para assegurar o bem da sua empresa. 

Se você deseja abrir uma empresa, o processo ficará muito mais fácil. Isso porque você evitará burocracias desnecessárias que podem tornar a sua rotina médica que já é um tanto quanto movimentada muito mais puxada. 

Além disso, você sabe que todo empreendedor deve tomar decisões difíceis a todo momento. Por essa razão, ter ao seu lado uma contabilidade ajuda a fornecer os diversos dados que são necessários para que você tome decisões com mais assertividade.

No entanto, talvez o ponto mais vantajoso de uma contabilidade especializada em médicos é no suporte para redução de taxas. Por estarem familiarizados com toda a complexidade da legislação tributária brasileira, os contadores desse ramo sabem todos os trâmites que te ajudarão a pagar menos tributos dentro da lei. 

Mas afinal, como se tornar um médico PJ para reduzir taxas? Continue nesse artigo e descubra. 

Continue a leitura: PJ Médicos – Quando é necessário ter inscrição nos conselhos de classe.

Como se tornar um médico PJ?

Para que você seja um médico PJ, significa que você tenha que constituir um CNPJ. Isso será fundamental nesse processo.

Nesse sentido, é comum que profissionais médicos se perguntem: médico pode ser MEI? A Resposta é não. O MEI é a forma mais simples de ter um CNPJ hoje no Brasil, sendo MEI, você tem todos os direitos previdenciários, além de alíquotas vantajosas. 

No entanto, por ser um regime simplificado, existe uma série de requisitos e um deles é fazer parte da lista de atividades permitidas. A profissão médica não está lista, logo, não pode constituir CNPJ sob esse regime. 

Para um médico se tornar PJ é um processo um pouco mais complexo e cansativo, por isso, é importante ter uma contabilidade para médicos ao seu lado. Veja a seguir como se tornar um médico PJ.

Escolha da natureza jurídica 

O primeiro passo é escolher a sua natureza jurídica. Esse ponto irá definir muito da sua empresa, afinal, será a natureza jurídica que irá definir uma série de regras e exigências que deverão ser cumpridas pelo empresário. 

Nesse sentido, uma contabilidade para médicos irá te ajudar a escolher a melhor opção para seus objetivos. As duas opções mais indicadas para médicos são: 

  • Sociedade Limitada Unipessoal (para quem deseja empreender sozinho);
  • Sociedade Simples (para quem deseja empreender com sócios).

Escolha do regime tributário

O próximo passo é a escolha do regime tributário do seu estabelecimento médico. O regime tributário é o que irá definir como será feito o recolhimento de impostos dentro do seu negócio. 

Para isso, é necessário se basear no faturamento da empresa. Dessa maneira, o profissional da contabilidade é muito importante nesse ponto. Será ele que irá fazer os cálculos e análises necessárias para indicar o melhor regime para o seu negócio. 

Hoje, você deve escolher entre:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Real;
  • Lucro Presumido.

É nesse ponto, que se torna mais vantajoso se tornar PJ. Uma contabilidade para médicos além de escolher o regime mais adequado para sua atuação, também irá instituir um planejamento tributário. 

Ele será responsável por organizar, e elencar os seus tributos. Além disso, ele saberá criar estratégias de elisão fiscal para que a sua carga tributária diminua.

Inscrições e autorizações

Por fim, o último passo para a legalização da sua empresa é justamente uma série de registros e alvarás que devem ser feitos

Aqui, uma contabilidade para médicos irá te ajudar a:

  • Fazer o registro na Junta Comercial;
  • Realizar o Registro municipal para emissão de notas;
  • Registro Federal;
  • Inscrição Municipal;
  • Alvarás de Funcionamento.

Ser um médico PJ faz com que você pague menos taxas e com o suporte de uma contabilidade de confiança tudo ficará mais fácil. 

Conheça a Mercantil Contabilidade!

Agora que você já sabe que é importante se tornar um médico PJ para pagar menos taxas, e da importância da Contabilidade nesse processo, conheça a Mercantil Assessoria Contábil!

Somos uma empresa que possui profissionais que estão sempre prontos para ajudar a sua empresa a crescer com ferramentas de gestão empresarial que te darão todo o suporte para uma tomada de decisão melhor.

Entre em contato e conheça mais sobre nossas soluções! Gostou do conteúdo? Acesse nosso blog e saiba mais sobre empreendedorismo e gestão empresarial e não se esqueça de nos seguir nas redes sociais.

Leia mais: Como funciona a abertura de empresa para médicos em Brasília?

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *